2 anos de Rise of the Tomb Raider - Lara Croft BR
Blog

2 anos de Rise of the Tomb Raider

Há exatos 2 anos, Rise of the Tomb Raider chegava ao Xbox One e Xbox 360. O jogo foi anunciado em junho de 2014, durante a conferência da Microsoft na E3. Dois meses depois, durante a Gamescom, tivemos um anúncio que ninguém esperava: o jogo seria exclusivo para Xbox. O anúncio gerou muita revolta. Afinal, não era a primeira vez que um jogo da série recebera algo exclusivo em consoles da Microsoft. Em 2008, o jogo Tomb Raider Underworld teve dois DLCs exclusivos – Beneath the Ashes e Lara’s Shadow – lançados para Xbox 360 e que jamais puderam ser jogados em outra plataforma. Por sorte, a exclusividade desta vez era temporária. Mas por quanto tempo?

Apesar de toda a polêmica sobre a exclusividade que antecedeu o lançamento, o jogo foi lançado no dia 10 de novembro de 2015 com críticas bem positivas. E já era esperado. Afinal, a Crystal Dynamics soube aproveitar a fórmula do aclamado Tomb Raider (2013) e com isso produziu um jogo maior e com cenários mais diversificados que seu antecessor, enormes espaços abertos para exploração, e também inúmeras criptas, cavernas e tumbas extremamente detalhadas e carregadas de história/arqueologia como se esperava de um verdadeiro Tomb Raider. Além disso, tivemos o primeiro jogo oficialmente dublado em Português Brasileiro. Vimos ‘Rise’ brilhar na Brasil Game Show 2015, com uma demo maravilhosa e a presença Meagan Marie e Mike Brinker, da Crystal Dynamics. Sem contar que o jogo nos deu a oportunidade de ir até Los Angeles, para a E3 2015, onde pudemos vê-lo pessoalmente e conversar com membros da equipe de desenvolvimento. E esse era apenas o começo.

Um jogo, quatro lançamentos

Ao todo, podemos considerar que Rise of the Tomb Raider teve 4 lançamentos principais: Xbox One/Xbox 360, PC/Steam, PlayStation 4 e, mais recentemente, no Xbox One X. Menos de 3 meses após o lançamento principal o jogo chegou aos PCs, trazendo as já esperadas melhorias gráficas e suporte a resoluções maiores, como 4K. Por engano, a versão de PC trouxe um anúncio inusitado. Dentro dos arquivos do jogo havia um vídeo com uma cena de um DLC extra, ainda não anunciado, se passando na Mansão Croft. O vídeo foi, inclusive, descoberto por um membro de nossa equipe e postado no Tomb Raider Forums, onde várias especulações começaram. Com o vazamento, a Crystal Dynamics não teve escolha senão confirmar que estavam trabalhando em outros conteúdos para o jogo. No mesmo dia da descoberta um patch foi liberado e o vídeo foi excluído permanentemente da pasta do jogo.

Não tivemos jogo “completo” inédito há dois anos, mas o fato de o jogo ter sido relançado diversas vezes e trazendo não somente melhorias gráficas, como novos DLCs, tenha permitido que ele continuasse relevante e “fresco” durante todo esse período e com isso a Crystal Dynamics manteve o público interessado no jogo, ao mesmo tempo em que aguardavam ansiosamente o lançamento para outras plataformas.

Talvez o principal marco tenha sido o lançamento para o PlayStation 4, que não somente trouxe o jogo ao console mais vendido da atual geração, como também nos brindou com muita nostalgia ao trazer uma Mansão Croft cheia de easter eggs em comemoração aos 20 anos da franquia. Embora o conteúdo também tenha saído para outras plataformas, a edição ‘20 Year Celebration‘ sem dúvidas ajudou amenizar a dor de quem teve que esperar quase 1 ano para poder jogá-lo em seu console escolhido. Ao ponto em que o 20 Year Celebration fora lançado, todas as DLCs ja tinham sido lançadas e acrescentaram enormemente ao jogo sendo o Tomb Raider que mais houve expansões e adicionais na história da franquia acrescentando não só modos de história mas como também diversas roupas, armas, etc… adicionados a um jogo que já era um dos maiores da série no modo campanha. E deu certo, já que os números mostram que as vendas para PlayStation 4 superaram à de Xbox One/360.

Agora, há 3 dias, tivemos então o que parecer ser o último lançamento do jogo. 2 anos após o lançamento original, Rise of the Tomb Raider recebe suporte ao Xbox One X, trazendo possivelmente a mais bela versão do jogo até então. Já sabemos que sobre os rumores a cerca do próximo jogo, cujos vazamentos indicam que ser chamará Shadow of the Tomb Raider e será produzido primariamente pela Eidos Montréal. Talvez, com o lançamento da versão “definitiva” para Xbox One X, a Crystal Dynamics/Eidos Montréal esteja enfim pronta para focar no próximo jogo da série. O que nos resta? Aguardar… Enquanto isso, vamos curtindo o conteúdo relacionado ao filme Tomb Raider: A Origem, que marcará retorno de Lara Croft aos cinemas 14 anos após o último filme.

Comentários

Sobre o autor

Rui C. Camisão

Administrador e redator. Tem 25 anos. Mora em Florianópolis, Santa Catarina. Trabalha como Agente de Aeroporto e estuda Comunicação Social - Mídia Eletrônica. Seus jogos favoritos são Tomb Raider, Assassin's Creed e Sonic.
PSN ID: iWho-E/Steam: Who-E